PMNAS

'Palavra desistir não existe no meu dicionário', diz Ivete Sangalo

JOÃO PEDRO PITOMBOSALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Acompanhada por uma multidão de fãs, a cantora Ivete Sangalo afirmou neste terça-feira (13) em Salvador que a palavra desistir não existe em seu dicionário e defendeu uma repactuação para o Carnaval.

Por Midia NAS em 13/02/2024 às 15:45:35

"Desistir é uma palavra que não existe no meu dicionário. Uma mulher como eu, não sei nem como conjuga esse verbo. Não faço ideia" disse a cantora ao atravessar passarela Nelson Maleiro, no circuito do Campo Grande.

Ivete afirmou que, com a maturidade de quem tem 30 anos de carreira, vai trabalhar por uma repactuação no Carnaval, mas não deu detalhes sobre a que se referia.

"O que vou fazer é repactuar a roda porque eu vejo um portal de oportunidades inacreditáveis. E não estou falando só para mim, estou falando para a gente porque sozinha eu não vou a lugar nenhum", disse.

Por fim, cantora fez um agradecimento a Deus: "[Agradeço] a Ele, o maior de todos, o que transforma e por isso que eu falei ontem. Porque Ele me soprou uma transformação e eu vou transformar porque será melhor para mim e para vocês."

Nesta segunda-feira (12), Ivete chorou em cima do trio elétrico no desfile do bloco Coruja, no circuito Barra-Ondina, e falou em tom de despedida.

"Isto está enchendo o meu coração de angústia [...] Será que hoje não é nossa despedida do Coruja? Será a gente não tem que repensar isso?", questionou, depois de um incidente envolvendo um tudo de gás carbônico de seu trio elétrico que deixou dois feridos.

No desfile desta terça, no Campo Grande, Ivete ainda fez uma homenagem a Moraes Moreira com o cantor e guitarrista Davi Moraes, com quem cantou "Chame Gente" e trechos do "Hino ao Senhor do Bonfim".

Leia Também: Sucessão: O que acontece com Camilla se o Rei Charles III morrer?

Tags:   Fama
Comunicar erro
Camara Municipal de NAS

Comentários

Ju Modas 2